Plantas Medicinais

Planta medicinal – Quebra-pedra

Planta medicinal – Quebra-pedra

Quebra-Pedra

Botânica

Nome científico: Phyllanthus amarus Schum. Et. Thorn. P. niruri L. e P. urinaria L.

Origem e descrição da planta: muito comum nos países de clima tropical, essa espécie de folhas miúdas cresce, espontaneamente após o período das chuvas, nos campos e terrenos desocupados em quase todo o mundo.

No Brasil, a espécie mais comum na região Nordeste é a P. amarus; na região Norte, a P. urinaria; e no Sul, a P. niruri.

Planta medicinal – Quebra-pedra, erva pombinha

Cultivo

Hábito de crescimento: pequena erva ereta.

Ciclo da planta: anual.

Propagação: sementes.

Forma de cultivo: por ser nativa, brota e cresce espontaneamente, após o período das chuvas, especialmente nos terrenos desocupados.

Naturezas química e farmacológica

Partes utilizadas: toda a planta, fresca ou transformada em pó.

Constituintes químicos: as análises químicas têm evidenciado a presença de vários constituintes pertencentes à classe dos flavonóides, lignanas, triterpenóides e de um alcalóide, o pirrolidizínico.

Formas de uso: chá.

Indicações: ações antiespasmódica e relaxante muscular que parecem ser específicas para os ureteres. Levemente diurético, aumenta a eliminação de ácido úrico pela urina.

Possui comprovada atividade contra o vírus da hepatite B e é útil no tratamento da litíase renal (pedras ou cálculos nos rins), por facilitar a eliminação dos cálculos renais pequenos que são expelidos, sem dor, por provável relaxamento dos ureteres.

Obs: somente é permitido ser feito o tratamento da hepatite com quebra-pedra pelos serviços governamentais de saúde, sendo gratuito, porque este uso está patenteado por uma empresa norte-americana.

Receitas caseiras

Chá

Indicações: analgésico útil nos tratamentos de reumatismo, artrites e cólicas menstruais, antiinflamatório e febrífugo.

Ingredientes: 30 a 40 gramas (chá forte) ou 10 a 20 gramas da planta fresca e 1 litro de água.

Modo de preparar: ferve-se a mistura durante 10 minutos e côa-se.

Modo de usar: toma-se uma xícara (de chá) 3 vezes ao dia.

Prazo de validade: o cozimento filtrado pode ser conservado na geladeira até o dia seguinte.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.