Plantas Medicinais

Planta medicinal – Pau-D’Arco

Planta medicinal – Pau-D’Arco

Pau-D’Arco

Botânica

Nome científico: Tabebuia avellanedeae Lor. Ex. Griseb. T. serrtifolia (Vahl.)

Nich. t. impetiginosa (Mart.) Standl.

Sinonímia: ipê.

Origem e descrição da planta: originária da América do Sul, essa espécie é comum no Nordeste do Brasil, onde recebe os nomes de pau-d’arco roxo, pau-d’arco amarelo e pau-d’arco rosa.

O tronco é madeira de lei, atingindo até 15 m de altura.

Planta medicinal – Pau-D’Arco

Cultivo

Hábito de crescimento: árvore silvestre.

Ciclo da planta: perene.

Propagação: sementes.

Forma de cultivo: em covas, com espaçamento de 10 m x 10 m.

Naturezas química e farmacológica

Partes utilizadas: casca e madeira.

Constituintes químicos: lapachol e quinonas.

Formas de uso: cozimento e elixir.

Indicações: anti-inflamatório.

Receitas caseiras

Cozimento e elixir

Ver procedimentos da aroeira.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.