​E-BOOK GRATUITO: Benzimento com Louro

​E-BOOK GRATUITO: Benzimento com Louro

Aprenda a fazer um Benzimento PRÁTICO e SIMPLES que vai ajudar você e sua família abrir caminhos, eliminar negatividades e para Melhorar a sua saúde física e espiritual!

Nunca mandaremos SPAM para você.

Planta medicinal – Guaco

Planta medicinal – Guaco

Guaco

Botânica

Nome científico: Mikania glomerata, Spreng.

Sinonímia: cipó-catinga, cipó-sucuriju, coração de jesus, erva de cobra, guaco de cheiro, guaco liso e guape.

Origem e descrição da planta: originário dos estados do sul do Brasil, mais especificamente da Floresta Atlântica e ocorrendo, também, na
Argentina, no Uruguai e no Paraguai, a planta do guaco é uma trepadeira arbustiva, com ramos abundantes e folhas opostas.

No Ceará, a espécie não flora e só existe cultivada.

Planta medicinal - Guaco

Cultivo

Hábito de crescimento: trepadeira.

Ciclo da planta: perene.

Propagação: através de estacas com cerca de 20 cm de comprimento, contendo, pelo menos, 4 gemas, deixando-se 2 pares de folhas na parte
superior.

Forma de cultivo: em covas distanciadas de 2,50 m x 2,50 m, ao lado de cercas, latadas ou espaldeiras, contendo vários arames para conduzir a
planta, pois a mesma não tem garras para se prender.

O crescimento inicial é muito lento.
Solo: adapta-se a quase todo tipo de solo, preferindo os úmidos, argilosos e ricos em matéria orgânica.

Adubação: misturam-se, com a terra da cova, 5 kg de composto orgânico ou esterco de curral bem curtido, em fundação, 10 dias antes do plantio e repete-se essa prática cultural, em cobertura, três vezes ao ano.

Época de plantio: onde há água disponível, pode ser plantado durante todo o ano.

Irrigação: irrigar uma vez ao dia, até o sexto mês após o plantio e, depois, três vezes por semana.

Luminosidade: deve ser cultivado à meia–sombra.

As pesquisas revelaram que, por ser originário da Floresta Atlântica, crescendo no sub-bosque da mesma, o guaco, cultivado em sol pleno, reduz a sua produção de princípios ativos.

Colheita: na colheita, iniciada somente após o segundo ano e durante todo o ano, retiram-se as folhas mais velhas.

Naturezas química e farmacológica

Partes utilizadas: folhas.

Constituintes químicos: cumarina e compostos sesquiterpênicos.

Formas de uso: lambedor.

Indicações: de efeito broncodilatador comprovado, além de ser anti-séptico das vias respiratórias, expectorante e antitérmico, o guaco é indicado no tratamento das crises de asma, tosses e bronquites.

Receitas caseiras

Lambedor

Indicações: como broncodilatador, nos tratamentos da tosse, da asma, da gripe e do enfisema pulmonar.

Ingredientes: 20 folhas de guaco, 30 folhas de malvarisco, 1 copo de água, 2 copos de açúcar e 12 folhas de hortelã vique.

Modo de preparar: colocam-se as 20 folhas de guaco e o copo de água numa panela e deixa-se ferver por 10 minutos, para preparar um suco.

Em outra panela, coloca-se o açúcar e as 30 folhas de malvarisco e leva-se ao fogo, elaborando assim o outro suco.

Misturam-se os dois sucos obtidos, e, ainda com a panela no fogo, adicionam-se as folhas de hortelã vique, tampa-se a panela por alguns minutos e, a seguir, apaga-se o fogo e despeja-se em vidros esterilizados e bem tampados.

Modo de usar: crianças = 1 colher (de chá) 3 vezes ao dia; adultos = 1 colher (de sopa) 3 vezes ao dia.

Prazo de validade: 7 dias.

​E-BOOK GRATUITO: Benzimento com Louro

​E-BOOK GRATUITO: Benzimento com Louro

Aprenda a fazer um Benzimento PRÁTICO e SIMPLES que vai ajudar você e sua família abrir caminhos, eliminar negatividades e para Melhorar a sua saúde física e espiritual!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe o seu comentário!