​E-BOOK GRATUITO: Benzimento com Louro

​E-BOOK GRATUITO: Benzimento com Louro

Aprenda a fazer um Benzimento PRÁTICO e SIMPLES que vai ajudar você e sua família abrir caminhos, eliminar negatividades e para Melhorar a sua saúde física e espiritual!

Nunca mandaremos SPAM para você.

Como Plantar Tomate Rasteiro

Como Plantar Tomate Rasteiro

Principais Variedades do Tomate Rasteiro

Quais as vitaminas do tomate?

O tomate é uma hortaliça rica em vitaminas A e C.

Como Plantar Tomate Rasteiro

Clima e Solos para o tomate

Qual o clima ideal?

Deve ser dado preferência a baixa umidade relativa do ar, quando as doenças são menos freqüentes.

Os solos devem ser bem drenados e profundos.

Se forem inclinados devem ser tomadas medidas conservacionistas tais como:

• linhas de plantio perpendicular à declividade do terreno;

• cobertura morta;

• plantio em áreas com declividade inferior a 10%.

Adubação e correção do solo para o tomate rasteiro

Qual o tipo de adubação que eu devo utilizar?

Com base na análise de solo deve ser feita a adubação química e a correção do solo.

Como fazer a adubação orgânica?

Colocar 2 a 3 litros de esterco de curral curtido por cova. Caso disponha de esterco de galinha, colocar a metade da dose.

O esterco deve ser misturado com o solo.

Adubação química do tomate

Como fazer a adubação química?

Caso não tenha sido feito a análise de solo, aplicar os seguintes níveis:

160-220-200 de NPK, para obter uma produtividade média de 42 t/ha sendo o fósforo (220kg) na fundação e o N e K (160 e 200kg) em cobertura, fracionados em 3 aplicações.

Plantio de tomate rasteiro em casa

Como é feito o plantio de tomate?

Os canteiros das sementeiras são levantados do chão em torno de 15 cm, tendo comprimento de 10 m e espaçados entre eles de 0,60 m.

Incorporar 20 litros de esterco de gado por metro quadrado.

Conforme necessidade, tratar o solo com fungicida e/ou inseticida.

IMPORTANTE!

O espaçamento entre as linhas é de 10 cm e a profundidade

das sementes é de 1 cm. Gasta-se 3 g de semente por metro quadrado.

Como pode ser feito o plantio?

O plantio pode ser feito em copinhos, confeccionados com pedaços de jornal enrolados em garrafa e cheios com o substrato (parte de esterco para uma parte de solo).

Semear 2 a 4 sementes por copinho.

Após 7 dias realizar o desbaste deixando a planta mais vigorosa.

DICA!

Quando as plantas atingem 10 a 15 cm, fazer o transplante para o local definitivo.

As sementes nos copinhos são plantadas diretas, sofrendo menos.

Normalmente adota-se o espaçamento de 1,0 x 0,5 m ou 0,80 x 0,40, para linhas e plantas, respectivamente.

Tratos culturais do tomate rasteiro

Tutoramento

Quando fazer o tutoramento?

Após 15 a 20 dias do transplantio fazer o tutoramento com varas de forma cruzada, armadas com arame No 16 e esticadas em mourões (a cada 10 m).

As varas devem ter comprimento de 2 a 2,30 m e os mourões 1,70 a 1,80 m.

Desbrota

Como deve ser feita a desbrota?

Cada planta deve conter duas hastes.

As brotações laterais abaixo do primeiro cacho devem ser eliminadas, com as mãos, puxando para baixo.

Podem ser plantadas 2 plantas por cova deixando-se uma haste em cada planta.

Amarrio

Como deve ser feito o amarrio?

IMPORTANTE!

As operações de desbrota e amarrio são realizadas ao mesmo tempo, em um total de 5 a 7 durante o ciclo da cultura.

Capinas

Quando eu devo fazer as capinas?

Realizar 3 a 4 capinas manuais, com cuidado para não ferir o sistema radicular das plantas.

Amontoa

E a amontoa?

Realizar esta operação após a 1ª adubação de cobertura, de modo a cobrir o adubo.

Adubação de cobertura do tomate orgânico

Como fazer adubação de cobertura?

Parcelar em 3 vezes o adubo potássico e o nitrogênio e aplicar a cada 20 dias.

Aplicar com o solo úmido.

Adubação com Macronutrientes secundários para o tomate

Como fazer?

Aplicar cloreto de cálcio na dosagem de 0,6% duas vezes por semana, caso as plantas apresentem sintomas de deficiência (fundo preto).

Caso apresentem sintomas de deficiência de magnésio aplicar sulfato de magnésio uma vez por semana, três aplicações, na dosagem de 1,5%.

Principais doenças e pragas do tomate rasteiro

Quais as principais doenças e pragas?

Durante o período das chuvas há necessidade de aplicações mais freqüentes de fungicidas e inseticidas, que pode chegar a ser diário, pois as chuvas lavam o produto aplicado.

ATENÇÃO!

Em todas as aplicações adicionar o espalhante adesivo que fixa mais o produto à planta.

CUIDADO!

Devem ser tomadas as seguintes precauções antes de estabelecer o plantio:

• verificar se o solo não é contaminado;

• desinfectar as sementes;

• tratar as sementeiras;

• usar cultivares resistentes e tolerantes;

• fazer a calagem;

• controlar os insetos vetores;

• fazer rotação das culturas;

• desinfestar os tutores que foram usados em culturas anteriores.

Pragas mais comuns do tomateiro
Nome Vulgar Sintomatologia Controle
Lagarta Rosca Cortam as plantas nas sementeiras, à noite Aplicar Carbaril, Metonyl ou iscas à base de Dipterex
Paquinha Ataca as sementei-ras fazendo galerias Aplicar Carbaryl ou Parathion
Grilo Cortam as plantas nas sementeiras, próximo ao solo Aplicar Carbaryl ou Parathion
Nematóides Forma galhas nas raízes, dificultando aabsorção de nutrien-tes Fazer rotação de cultura. Manter nívelelevado de aduba-ção
Pulgões Localizam-se na par-te inferior das folhas, transmite viroses Aplicar inseticida sistêmico.
Trips Transmite o vírus vira cabeça Aplicar inseticida sistêmico.
Vaquinha Se alimentam das folhas Aplicar Carbaril, Parathion ou Malathion
Broca Grande dosFrutos As larvas se alimentam dos frutos verdes Pulverizar com fosforados, carbamatos oupiretróides
Broca Pequena dosFrutos As larvas se alimentam dos frutos verdes Pulverizar com fosforados, carbamatos ou piretróides
Ácaro Vermelho Ataca as folhas causando manchas brancas na face inferior e bronzeados na parte superior Pulverizações com acaricidas à base deenxofre
Micro Ácaro Suga a seiva das folhase haste causan-do ressecamento das folhas e bronzea mento das hastes Pulverizações com acaricidas à base de enxofre
Traça do Tomateiro Minas nas folhas eperfurações nos fru-tos e hastes, principalmente nos ponteiros Aplicar Cartap, Permethrimou Deltamethrine

Obs.: Aplicar de acordo com as recomendações constantes no Receituário Agronômico e do fabricante.

Colheita e comercialização do tomate

Como é feita a colheita?

A colheita é feita manualmente por pessoas habilitadas. O ponto de colheita está na dependência da distância do mercado, sendo de cor cana para mercados mais distantes e mais claros para mercados próximos.

DICA!

O fruto é considerado fisiologicamente maduro, quando ao ser cortado com uma faca afiada, as sementes não sofrem danos.

SUPER DICA!

Os frutos devem ser selecionados e embalados à sombra, obedecendo os padrões de classificação do Ministério da Agricultura.

ATENÇÃO!

Na seleção deve-se eliminar os frutos praguejados, doentes e com má formação.

CUIDADO!

A embalagem deve ser de acordo com as normas do Ministério da Agricultura.

O produto deve ser comercializado de preferência no Mercado do Produtor, ou nas CEASA’s.

Caso venda a intermediários, procurar estar informado do preço do produto.

Você aprendeu Como Plantar Tomate em Casa Passo a Passo.

Os mesmo processos pode ser aplicados para Plantar Tomate em Vaso.

Links Úteis

​E-BOOK GRATUITO: Benzimento com Louro

​E-BOOK GRATUITO: Benzimento com Louro

Aprenda a fazer um Benzimento PRÁTICO e SIMPLES que vai ajudar você e sua família abrir caminhos, eliminar negatividades e para Melhorar a sua saúde física e espiritual!

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe o seu comentário!